2019 Tendências @ Websummit

By Dezembro 2, 2019 Dezembro 19th, 2019 Sem categoria

AMS Team representing Crossjoin at WebSummit 2019

de André Simões and João Abreu / Equipa AMS

A Crossjoin participou no Web Summit 2029, a maior conferência tecnológica do mundo, com o André Simões e o João Abreu da Equipa de AMS.

Este ano o Web Summit contou com mais de 70.000 visitantes de 170 países, mais de 200 parceiros e acolheu vários milhares de startups, o que lhes permitiu conhecer mais de 1.200 investidores.

WebSummit 2019 - Main stage

Algumas das palavras-chave deste ano:

Digitalização, análise de dados, inteligência artificial, machine learning, blockchain, mobilidade, sustentabilidade, 5G.
Inteligência artificial e machine learning foram incluídas em quase todas as startups, de uma forma ou de outra, e foram tópicos recorrentes durante todo o evento.

5G+X a “nova electricidade”:

5G+AI/VR/AR está a receber cerca de 1,5 Biliões pelo seu programa de desenvolvimento pela Huawei e é visto como “ponto de inflexão” para a tecnologia da informação e comunicação.

Cloud Infraestrutura

Ganhou muita atenção este ano, em particular com a AWS a destacar-se. O Google teve uma presença menor este ano.

Ilustrating that Cloud Infrastructure got a lot of attention this year, in particular with AWS standing out. Google had a lesser presence this year.

Análises baseadas em inteligência artificial

Para melhorar os eSports estava em exibição, em particular, uma solução baseada em SAP. Criada para ajudar a Team Liquid de um jogo muito conhecido a superar os concorrentes.

Ilustrating that AI powered analytics to improve eSports were on display, in particular, a SAP powered solution built to help Team Liquid from a very well known game outperform competitors.

Entretenimento Emersivo para a Educação

 As personagens gerados pelo computador estão a abrir caminho para novas formas de aprendizagem.

Media sintética

Conteúdo gerado digitalmente e personas criadas com a ajuda da IA irão moldar as campanhas influenciadoras do futuro. Testemunhos artificiais personalizados, adaptados às preferências individuais, são utilizados com o objetivo de gerar maior fidelidade do consumidor. 

Foco na Experiência da Marca

Para se manterem relevantes para as gerações Z e Millennials e devido à sua aparente falta de atenção e tendência para tomar decisões fortes com pouca informação, as marcas concentram-se agora em criar experiências memoráveis contrariando o combate à saturação da informação e do conteúdo visual. Estas podem ser experiências digitais e/ou da vida real em lojas temporais como forma de melhor ligar os jovens às marcas.

Sustentabilidade

A sustentabilidade foi claramente uma parte integrante do Web Summit.

Inclusão na condução tecnológica

A tecnologia visa cada vez mais ajudar a humanidade a compensar as nossas limitações físicas. Interfaces mente-máquina, traduzindo impulsos musculares em sinais digitais que também podem ser usados na inovadora experiência do usuário.

Marcas a salvar o planeta

Outro tema muito discutido foi acerca de como as marcas podem salvar o planeta com a fabricação representando cerca de 33% do consumo global de energia. Muito pode ser feito pelas marcas renovando as suas cadeias de suprimentos. A HP compartilhou um estudo de caso interessante sobre o assunto.

Valores da empresa

O CEO da Arm descreveu como a empresa define os valores da empresa de baixo para cima. E vemos grandes empresas como a Booking.com focados na diversidade como sendo um valor fulcral corporativo.

Pagar aos candidatos pelo tempo da entrevista

Considerando que há candidatos que se retiram dos processos de entrevista, devido às várias horas/dias que dispensam no local para provar as sua competências, está a ser debatido a possibilidade de se pagar por esse tempo.

Foi trabalho difícil tentar captar todas as tendências relevantes na conferência tecnológica.

Painéis e Palestras Interessantes

Edward Snowden abriu a Web Summit e enfatizou a importância da proteção de dados pessoais, do potencial controle sobre a população e de várias desvantagens do RGPD. Alertou para o facto dos utilizadores prestarem muito pouca atenção ao valor dos seus dados pessoais.

WebSummit 2019 - Main stage

UI e o Futuro da Experiência do Cliente

Esta palestra destacou bastante a humanidade, a experiência do cliente e incentivou os presentes a pensar além de usar a engenharia junto com a empatia.

O que é preciso para ser um Diretor de Marketing nos tempos atuais?

 Várias empresas estão a suprimir totalmente o papel do Diretor de Marketing, cobrindo-o, em vez disso, com 2-3 líderes que “comandam” a função de marketing a nível interno. A remoção de silos internos em cadeia pode ter impactos drásticos a longo prazo na actividade empresarial.

O teu cérebro 2.0: Máquinas desbloqueadas com as mentes

O fundador da CTRL-Labs mostra-nos os últimos desenvolvimentos sobre como eles estão a mudar a forma como podemos interagir com as máquinas. Sensores biológicos para movimentos das mãos, detecção de actividade cerebral, tudo isto ligado à IA.

The founder of CTRL-Labs shows us the latest developments on how they are changing the way we can interact with machines.

O futuro do espaço: Da IA ao multiverso

Roberto Trotta, professor de Astrostatística, explicou sobre como estão a usar AI e ML (Machine Learning) em muitos conjuntos de dados para explorar o universo. Alguns dos métodos que estão a utilizar também foram testados na Crossjoin ao longo do ano de 2019.

The future of space: From AI to the multiverse - Talk

Relativamente ao Investimento e Capital de Risco

As maiores áreas de crescimento de investidores têm sido a China e este ano, na Web Summit, tivemos tradutores chineses e japoneses pela primeira vez no palco. Painéis de especialistas com títulos como “Winter is here” e “Is IPO (Initial Public Offerings) the ultimate sign of success?” sugeriram uma mudança de atitude. Outra área de foco relacionada este ano foi a rentabilidade.

As Tendências para 2020

Num dos painéis centrais do palco estavam 3 representantes principais do CR (Capitais de Risco)  que declararam o que esperavam de 2020 e onde iriam investir o seu dinheiro no próximo ano:

  • Tomada de Decisão Liderada por Computador, dando continuidade à tendência do investimento em AI e ML neste ano;
  • Democratização de Software, produtos que tornam a tecnologia mais fácil de ser adotada por usuários menos experientes em tecnologia;
  • DevOps e automação em geral, a fim de otimizar continuamente os negócios e entregar mais, melhor e mais rápido.
  • Camadas de abstração agnóstica para bancos e fintech (tecnologia financeira) em geral, a fim de facilitar e promover a globalização da indústria fintech e a conexão entre continentes.

Conclusão

A equipa do Web Summit fez um ótimo trabalho de atender a um mercado tão amplo e é o evento no qual pode-se encontrar tudo: inspiração para o seu trabalho, ideias para projetos próprios, parceiros, investimentos, clientes, amigos, até mesmo novas oportunidades que não nos tinhamos apercebido antes da conferência.

A atmosfera inspira e faz-nos acreditar no futuro, já que tantas pessoas tentam mudá-lo para melhor.
Como plataforma de comunicação e partilha de experiências, o Web Summit permitiu-nos validar que o último investimento em I&D com Machine Learning está ao nível dos padrões da indústria e das tendências actuais do mercado.O Web Summit nos ofereceu outra grande oportunidade para explicar não apenas o trabalho que desenvolvemos e como “criamos tempo, mas também para falar sobre as oportunidades a longo prazo da nossa missão e tecnologias. 

Se estiveres interessado, podes assistir às palestras gravadas aqui: https://www.sapo.pt/websummit .

Leave a Reply